domingo, 6 de julho de 2014

Correspondências

Garota no Espelho (Pablo Picasso, 1932)


seus olhos tão escuros
quase bastam à noite

mas não vem de você o sopro
que me devolveria às asas
nas horas mais delicadas

era essa, Alice,
a sua ideia de amor?

2 comentários:

  1. O escuro ilumina o em nós que à luz se sublima.
    GK

    ResponderExcluir
  2. A frieza e concretude do não refletido no rosto de quem se enxerga.
    Conhecimento e devastação.
    O que nasce disso é uma linguagem.
    As estradas bifurcadas que nós seguimos.

    ResponderExcluir