sábado, 21 de junho de 2014

Lavoura

Google - sem informação de autoria


el niño virá em setembro
e quando molhar meu colo
esquecerei teu nome

o frio castiga teus dedos
e você não sabe quão quentes
as águas do pacífico

mas eu sei, minha Alice
você também canta a espera
você também o deseja

como se flor 
colhesse suas chuvas

como se sede 
bebesse em suas mãos

2 comentários:

  1. Na chuva o encanto do céu em pranto.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Alice despenca num túnel escuro porque almeja. Alice segue o coelho, quer ficar diminuta, precisa voltar a ser grande, tudo porque deseja. Ali invade e se pergunta. Está sendo o que é para ser. Por isso toca o teto das coisas.

    ResponderExcluir