terça-feira, 17 de junho de 2014

Azul


Navio Altair (1976). Praia do Cassino, Rio Grande.
Imagem: Carlos Matheus


você mapeia os naufrágios
com o azul mais delicado.
não toma uma cor por outra,
a palavra pela coisa.

lave meus olhos, Alice.
antes de ir, lave esses olhos
tão cheios de tudo.

há mais sobre o mar, eu sei,
e você precisa me dizer,

mas não agora.


4 comentários:

  1. esse mar que reflete o céu. tão imenso quanto ele.
    quero que Alice lave meus olhos também, antes que as lágrimas o faça.

    ResponderExcluir
  2. Como é gratificante ler poesia de verdade...!
    GK

    ResponderExcluir